Biscoito de nata, um mimo para o seu café

Já reparou que, em lugares bacanas de tomar café, a xícara do espresso sempre vem acompanhada de um docinho, chocolatinho, bolachinha ou biscoitinho, como chamam os cariocas?

Pessoalmente, adoro quando vem a bolachinha, que acho que é o melhor desses acompanhamentos para o café.

Especialmente, quando se trata de biscoito caseiro, que é uma iguaria por si só. Tem coisa mais gostosa?

Minha mãe sempre diz que sou uma quituteira de mão cheia, porque quando adolescente, só me aventurava na cozinha para fazer doces. E uma das primeiras receitas que aprendi a fazer foi biscoito de nata. Lembro de ter visto a receita e adaptado ao que considerava ideal.

A receita original, que era de um livro antigo de culinária, pedia nata de leite mesmo, o que significava ferver litros e litros de leite, separar a nata e juntar até ter a quantia de um copo. Mas até parece que eu, uma fiel discípula de cozinha prática de preguiçoso da Nigella Lawson, iria me dar ao trabalho de ficar fervendo leite para fazer nata, né?

O substituto foi a nossa nata sulista, aquele creme de leite firme bem comum de se encontrar na região Sul do país. Aqui em São Paulo não é tão fácil de achar, mas procurando no Pão de Açúcar, de vez em quando encontro da marca Balkis. Teoricamente, dá para substituir por creme de leite normal, sem soro, mas não acho que o gosto fique igual. Mas serve, na falta de opção.

A receita rende mais ou menos 30 biscoitos. Quando eu estava com insônia, dobrava a receita e passava a noite assando várias fornadas. Aí, incrementava com goiabada, chocolate e o que mais me viesse à cabeça:

CC by jmarconiBiscoitos de nata

Ingredientes:

  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 copo (200ml) de nata
  • 2 ovos
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de café de sal
  • 1 colher sopa de fermento em pó

Preparo:

Passe a farinha, o açúcar, o sal e o fermento numa peneira. Acrescente a nata, a manteiga e os ovos. Amasse um pouco e, por fim, junte o fermento. Amasse até formar uma massa homogênea, que já não gruda muito nas mãos. Deixe descansar por 20 ou 30 minutos.

Abra a massa com um rolo de macarrão (uma garrafa de vidro, bem limpa, também serve) e corte e/ou enrole no formato desejado.

Asse por cerca de 45 minutos ou até começarem a dourar.

Fica um espetáculo com geleia e acompanha maravilhosamente o café!

Para comer até se esbaldar!

Beijinhos,
Lak

Se você gostou, leia também:

7 respostas a Biscoito de nata, um mimo para o seu café

  1. Eliete de Sousa disse:

    Delícia de biscoito!!!muito bom mesmo!!!

  2. Marilene Mota disse:

    Vou fazer esse final de semana para vender na minha igreja! Com o dinheiro arrecadado, vamos comprar fraldas para as crianças do abrigo…espero vender muitooo…

    Obrigada pela receita,
    Bjs….

  3. Sylvia disse:

    Amei o seu blog…Demaisss!!! Sou louca por cafés combinados…e ainda mais com um acompanhamento desses…hummm! Parabéns, Lak…Seguirei vc a partir de agora…Vc é das minhas: receitas práticas – rápidas e deliciosas…sem muito “tiricutico”..hehe!!

  4. Marina Bruno Fernandes disse:

    Tenho uma receita de familia que minha falecida mãezinha fazia, mas ao invés de farinha de trigo se faz com araruta, é divina!

  5. patricia bolzan zinguer disse:

    adorei facil e muito gostoso….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *