Cafeteira Aeropress

Aqui entre nós, só tenho conhecimento dessa modalidade de cafeteira por contas das pesquisas que faço para escrever aqui pro blog, porque sinceramente nunca vi uma na vida e tampouco posso falar se o café feito nela é bom.

Mas que ela é muito legal e criativa, isso com certeza.

A Aeropress foge de todos os conceitos que você tinha a respeito de como se fazer café até agora. Começa que não é uma maneira antiga – foi criada em 2005 pelo inventor americano Alan Alder, especializado em (pasmem) brinquedos! – e não requer nada de peças mirabolantes ou chiques, é praticamente feita de plástico e borracha e portanto, é barato (embora nunca tenha visto à venda, pelo que andei fuçando, custa uma média de 30 dólares).

É composta de uma base com porta filtro, onde o café em pó é colocado. Em seguida, acrescenta-se água quente e, na sequencia, coloca-se um êmbolo que empurra o café pra baixo, direção do filtro. O café sai direto no recipiente que você escolher para “acoplar” a cafeteira, que lembra uma seringa gigante.

O processo se assemelha ao café de coador, dando uma mãozinha para empurrar o café para o filtro, diminuindo tempo de contato entre a água e o pó, o que aumenta a “força” do café, que passa a ser comparada com a do café espresso.

Como essas explicações teóricas não ajudam muito, mais fácil assistir um vídeo sobre o preparo do café via aeropress (em inglês e sem legenda, mas pelo visual, dá pra entender e dispensa explicações):

Informações relevantes da Aeropress:

– De certa forma, até lembra a Prensa Francesa, mas diz-se que o gosto do café preparado é bem diferente dela (até porque o processo é diferente, já  que o café passa pelo filtro e não o filtro pelo café).

– Usa-se café de moagem fina. O resultado costuma ser um café com a mesma força do espresso, mas menos ácido e menos amargo.

– Leva-se apenas 30 segundos para preparar o café (sem contar, claro, o tempo que a água leva para ferver).

– Pode-se usar a Aeropress para preparar outras bebidas, como cappuccino ou até chá.

– Para lavar a Aeropress, basta retirar o porta filtro e  empurrar o filtro e o café compactado direto na lixeira e passar as peças que compõem a cafeteira em água quente. Como todo equipamento de produção de café, não é recomendado o uso de detergente. Especialmente porque as peças de borracha costumam absorver o gosto químico.

Beijinhos,

Lak

Se você gostou, leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *